#RelatosDeUmEnfermeiro: a enfermagem é gigantesca

A enfermeira da UTI de COVID-19 do Hospital Pitangueiras, Simone Bonacin, conta sobre como as recentes experiências impactaram sua relação com a enfermagem.

“A enfermagem sempre foi importante, mas, hoje, é muito mais: ela é gigantesca. Quando um paciente é internado, o único contato que está ao lado dele 24h por dia somos nós. E isso gerou uma rede de amor, acolhimento e gratidão que nos toca profundamente.

Às vezes, pessoas traqueostomizadas, que quase não falam, encontram formas de balbuciar e agradecer o nosso cuidado – e como isso não mexeria com a gente? Até porque não só os pacientes: os familiares, apesar do menor contato, são extremamente gratos. E, para nós, dar a notícia da alta é uma alegria tremenda!

Temos relatos de parentes que voltaram ao hospital para compartilhar com a gente como a pessoa recuperada está feliz e alegre por estar junto de quem mais ama. Isso é muito chocante e nos faz muito bem – é esse resultado que a gente espera alcançar ao vir para o trabalho.

A Florence Nightingale dizia que a enfermagem é uma arte com a qual a gente consegue colorir um pouco a vida de alguém – sem usar tela ou lápis, mas com zelo, dedicação e amor. E isso ficou muito mais claro durante a pandemia.

Toda profissão na área da saúde é bonita, mas a nossa é uma coisa que me deixa sem palavras. Estamos ali 24h por dia e, no meu caso, dentro de uma UTI. E essa dedicação e amor que transmitimos ao paciente, que às vezes ficam 20 dias ou mais sem ver a família, é muito importante. E garanto: eles retornam esses sentimentos para a gente.

Essa troca de carinho e ajuda reforçou ainda mais o que sempre acreditei: enfermagem é amor. Amor na relação com o paciente, com os familiares e entre a nossa equipe.

Eu, enquanto Simone Bonacin e mãe, aprendi a querer ter minha família ainda mais perto de mim. A gente tem medo, o momento é delicado, mas a importância de quem a gente ama e de pessoas queridas ficou ainda mais clara com tudo que vivi nos últimos meses.”

Mais conteúdos