1864-1870

Durante a Guerra do Paraguai, Ana Neri se voluntaria para oferecer seus serviços de cuidados ao exército do Brasil – o que foi uma maneira de ficar mais próxima de seus filhos, que serviam como soldados, e de ajudar o país. Depois de passar por um período de treinamento militar no Rio Grande do Sul, aos 51 anos a enfermeira integrou o Décimo Batalhão de Voluntários, um marco para ações de enfermagem no front.

Mais conteúdos